DestaqueEducação

Piauiense filho de lavradora passa em 1º lugar para mestrado em Portugal

Piauiense filho de lavradora passa em 1º lugar para mestrado em Portugal

O site da Folha de S. Paulo destacou a história de superação do piauiense Iderlan Souza, aprovado em primeiro lugar no mestrado da Universidade de Trás-os Montes e Alto Duro (UTAD), em Portugal.

De uma origem muito humilde, ele contou sobre sua infância no sertão do Piauí e os momentos difíceis que dividiu com seus nove irmãos.

Hoje com 31 anos, ele foi o primeiro da família a fazer ensino superior e se formou em Arqueologia. Ele agora vai cursar arqueologia pré-histórica e arte rupestre no país europeu.

Iderlan nasceu literalmente dentro do parque Nacional Serra da Capivara e as pessoas do seu povoado tiveram que sair do local após virar área de preservação permanente. Foi quando se mudou com a família para São Raimundo Nonato.

A família sobrevivia da roça e ele foi poupado para se dedicar aos estudos até os 16 anos, mas ele afirma que isso atrapalhou um pouco seus estudos.

Ele conta também que apesar de ter nascido dentro do parque, nunca chegou a ver as pinturas rupestres, pois seu povoado era longe da sede do local. Mas quando conheceu, ali começava sua trajetória. Na Fundação Museu do Homem Americano, criada por Niède Guidon, participou de trabalhos sociais, fez curso de guia turístico, trabalhou na biblioteca e depois como técnico no laboratório.

Depois ele se formou pela Universidade Federal do Vale do São Francisco em arquelogia até passar para universidade em Portugal, onde pretende concluir sua pesquisa sobre o homem e a megafauna.

Folha de São Paulo

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar