DestaquePicos

Polícia revela detalhes do confronto que terminou com dois assaltantes mortos em Picos

Suspeito foi preso após perseguição policial – Foto: Assis Santos/Grande Picos

Dois homens morreram e um foi preso em confronto com a Polícia Militar neste final de semana em Picos. Eles eram suspeitos de realizar diversas ações criminosas na região de Santana do Piauí.

A ação entre os criminosos e as forças policiais teve início na localidade Queimada da Ema, zona rural de Santana do Piauí, quando um reforço do 4º BPM foi solicitado através do comandante do Grupamento da Polícia Militar (GPM) do município, sargento R. Alves.

As primeiras informações eram de que três homens armados realizavam assaltos naquela região. A Força Tática foi enviada e localizou, com a ajuda de populares, a residência onde o grupo estaria alojado, mas os integrantes conseguiram fugir deixando para trás um revólver calibre 38.

Já no sábado, informações de populares deram conta de que o trio estaria escondido na localidade Curralinho, em Picos. A PM novamente se deslocou até a região, porém, mais uma vez não foi possível a prisão dos suspeitos.

Na tarde deste domingo, populares da localidade Lagoa dos Félix acionaram a polícia comunicando que um grupo armado estaria agindo na região. Ao chegar no local, a polícia constatou que se tratavam das mesmas pessoas que haviam fugido da guarnição na cidade vizinha.

Novamente houve troca de tiros entre bandidos e policiais. Em seguida, os suspeitos fugiram por uma região de mata fechada, sendo alcançados pouto tempo depois nas proximidades do Povoado Mirolândia, em Picos. Em novo confronto, dois dos suspeitos foram mortos e o terceiro conseguiu fugir, sendo capturado logo em seguida na altura do município de Dom Expedito Lopes.

Capitão Elias Sousa – Foto: Maria Moura/Grande Picos

“Foi a óbito a pessoa de Edson Barbosa, vulgo ‘buchecha’, e José Leonardo, ambos naturais do estado da Bahia, da cidade de Paulo Afonso. E foi preso a pessoa de Edivânio da Conceição. Este confessou que vieram do estado da Bahia para praticarem crimes aqui na região por intermédio do ‘Buchecha’, pois foi dito que aqui seria muito fácil e que iriam se ramificar na nossa região”, explicou o capitão Elias Sousa da Polícia Militar.

Grande Picos

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar