Prefeitura de Picos arrecada R$ 860 mil reais com multas de trânsito e taxa da Zona Azul

0
217
Secretário de Trânsito disse que as blitz serão intensificadas – Foto/ Cidades em Foco/ Júnior Oliveira

Dados do Portal da Transparência da Prefeitura de Picos apontam que entre os dias 01º de janeiro de 2018 e 20 de novembro desse ano o Fundo Municipal de Trânsito (FMT) arrecadou a quantia de R$ 860.105,23 (oitocentos e sessenta mil cento e cinco reais e vinte e três centavos).

Do total desse montante, cerca de R$ 654.214,48 (seiscentos e cinquenta e quatro mil duzentos e quatorze reais e quarenta e oito centavos) foram arrecadados com a aplicação de multas de trânsito.

Outros R$ 205.286,97 (duzentos e cinco mil duzentos e oitenta e seis reais e noventa e sete centavos) foram arrecadados com a taxa de utilização da área de domínio público, que entre outras coisas inclui a Zona Azul.

Mas esses valores são ainda maiores, haja vista que embora a data final da pesquisa que consta no site da Transparência Picos seja o dia 20 de novembro, na realidade só estão disponíveis no sistema dados referentes somente até o dia 31 de outubro.

E para quem considera essa arrecadação elevada, o secretário de Trânsito, Transporte e Mobilidade Urbana de Picos, Edilberto Cirilo, disse que esse montante arrecadado corresponde apenas ao pagamento de uma pequena parte das multas que são aplicadas pelo órgão.

“De duas mil multas que se aplica não se arrecada [o valor] de trezentas [multas] porque um volume muito grande [de condutores e veículos] são de outros Estados, de outras cidades o que demora a voltar a ter o retorno”, explicou o secretário de Trânsito.

(Foto/ Reprodução/ Dados, a respeito do FMT, contidos no Portal da Transparência da Prefeitura de Picos)
(Foto/ Reprodução/ Dados, a respeito do FMT, contidos no Portal da Transparência da Prefeitura de Picos)

Só que essa arrecadação do Fundo Municipal de Trânsito deve aumentar nos próximos meses tendo em vista que, através de um convênio com o DETRAN/PI (Departamento Estadual de Trânsito), a STTRAM passou a ter a competência de apreender veículos e fiscalizar as rodovias estaduais.

Inclusive na tarde desta última terça-feira (20), o órgão já realizou a apreensão de motocicletas em uma blitz realizada na Praça Josino Ferreira, próximo a Rua Coronel Antônio Rodrigues, no Centro de Picos.

Em relação ao destino dos recursos arrecadados com as multas de trânsito e taxas, como a da Zona Azul, o gestor da pasta falou que o dinheiro é utilizado na realização de melhorias no próprio trânsito picoense.

“Agora, por exemplo, nós temos uma licitação de pintura de ruas, onde só de pintura e de câmeras, que nós vamos colocar em toda área da Zona Azul e do Centro, só esses projetos vão passar de um milhão de reais e todo o dinheiro vem daí, tem também a aquisição de viatura nova. Estamos aplicando, estruturando a secretaria para ter condições de trabalhar melhor e prestar um melhor serviço para a população”, justificou.

A respeito da insatisfação da população que acusa a Prefeitura de querer apenas arrecadar com a instalação de uma suposta “indústria de multas”, o secretário de Trânsito, Edilberto Cirilo, descartou isso e frisou que a fiscalização tem o interesse de resguardar vidas.

“Isso não existe [‘indústria de multas’] o intuito nosso é garantir vidas. Você pergunta a essas famílias que perderam as pessoas [no trânsito se eles são a favor], então tem de ter fiscalização e outra, fiscalização é para quem anda errado, o cidadão que está correto ele acha é bom. Onde a gente está fiscalizando que o cidadão de bem passa ele fica é parabenizando porque são pessoas de bem que estão morrendo por causa de pessoas que estão andando errado, embriagadas e hoje a gente já tem o etilômetro e essa fiscalização nós vamos reforçar para garantir vidas e o bem estar da sociedade”, concluiu.

Fonte: Portal O Povo

Comentários Facebook

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA