GeralMunicípios

Projeto transforma esterco de boi em gás que substitui o botijão no nordeste; assista!

Um projeto que transforma o esterco de boi em gás metano está mudando a rotina de agricultores na zona rural da cidade de Esperança, no Agreste paraibano. O gás produzido no processo de fermentação do dejeto é utilizado para o aquecimento do fogão dos agricultores.

Foto: G1

De acordo com o agrônomo Carlos Alberto Patrício, o projeto, chamado de biodigestor, foi desenvolvido em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e, além de trazer benefícios ecológicos, ainda gera economia para o agricultor. “É uma técnica muito simples que usa esterco de animais para a formação de gás, em sua maioria o metano, que pode ser usado em fogão de cozinha e em motores à explosão”, contou o agrônomo em uma entrevista à TV Paraíba.

O biodigestor consiste em um reservatório onde os agricultores depositam o esterco e misturam com água. Em seguida, o material vai para uma caixa maior e fechada, que concentra o gás produzido pelo esterco. De lá o gás vai direto para o fogão. O material que sobra do processo ainda gera adubo.

“Nós temos o biofertilizante. Quando a matéria orgânica sofre este processo de fermentação anaeróbica, todos os ovos de vermes e outras pragas são mortas, incluindo as sementes de erva daninha, o que faz com que o biofertilizante se torne um adubo riquíssimo e muito bom”, completou Carlos Alberto.

Os agricultores que possuem o biodigestor em casa contam como a mudança ajudou na mudança da rotina. “Ficou muito mais rápido quando a gente quer fazer um chá ou um café. Antes demorava muito, mas agora é mais rápido”, disse a agricultora Maria de Nazaret. Antes ela utilizava um fogão à lenha, que ficava fora de casa.

O marido dela, Severino Antônio da Silva, concorda com Nazaret. “Antes eu precisava tirar a lenha, saía com uma foice para buscar, as vezes chovendo. A lenha molhada atrapalhava e para o fogo pegar era uma luta. Hoje não, é muito bom mesmo este negócio do gás”, diz Severino.

Assista:

https://www.youtube.com/watch?v=hgkjz_oifRo

G1/Globo Rural

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar