Imagem: Divulgação/Ascom

Foi revelado no MIT Point do Shopping JK Iguatemi, em São Paulo, o roteiro da 27ª edição do Rally dos Sertões. O maior rali do país e um dos maiores do mundo começa no dia 18 de agosto em Goiânia (GO) e percorrerá mais de 3.600 quilômetros, passando por quatro estados – Goiás, Bahia, Piauí e Ceará -, para ver a bandeira quadriculada em Fortaleza (CE), no dia 26.

O trajeto foi mostrado por Marcos Moraes, diretor-geral da Dunas Race, empresa que organiza o Sertões. “Optamos por um traçado mais técnico e difícil. Acho que iremos superar a edição do ano passado não só pelo nível das especiais, mas também pelo cansaço e determinação dos pilotos em chegar às cidades-dormitório”, ressalta Marcos, lembrando que em 2018 os deslocamentos entre os trechos estão maiores.

O primeiro dia de prova, entre Goiânia e Formosa, em Goiás, já “presenteia” os competidores com quase 700 quilômetros entre trecho cronometrado (de 300 km) e deslocamentos. A especial mais longa é a da quinta etapa, entre Barra (BA) e São Raimundo Nonato (PI), com 400 difíceis quilômetros compostos basicamente de areia, um dia após a etapa maratona (entre Luís Eduardo Magalhães e Barra, na Bahia) na qual os competidores terão encarado 478 quilômetros sem nenhum tipo de intervenção técnica por parte de suas equipes.

Roteiro – Foto: Reprodução

“Este rali está entre os três melhores que já fizemos, entre todas as edições do Sertões”, aponta Du Sachs, diretor técnico da prova e responsável pelo levantamento do roteiro. “Todos os dias os pilotos e navegadores encontrarão uma dificuldade diferente e específica, então não vai ter dia de moleza”, afirma. “Nem mesmo no último dia de rali, porque será uma especial de 200 quilômetros que poderá mudar tudo se o piloto não tiver cabeça: ela vai dar muito trabalho e será necessário muito cuidado”, ressalta.

Com 56% do total de quilômetros compostos por trechos cronometrados – 2.043 de 3.607 quilômetros -, o Rally dos Sertões 2018, que desde 1993 desbrava o coração do Brasil, terá trechos inéditos, como na segunda (Formosa – Posse) e a quarta etapa (Luís Eduardo Magalhães – Barra).

“É uma prova completa, com boa logística para apoio e muitos desafios aos competidores. Uma prova que resume bem a essência do Rally dos Sertões”, conclui Marcos Moraes.

Roteiro do Rally dos Sertões 2018

Domingo (19/08)
1ª Etapa
Goiânia (GO) – Formosa (GO)
Deslocamento Inicial – 250 km
Trecho Especial (Cronometrado) – 300 km
Deslocamento Final – 170 km
Total do dia: 690 km

Segunda (20/08)
2ª Etapa
Formosa (GO) – Posse (GO)
Deslocamento Inicial – 29 km
Trecho Especial (Cronometrado) – 307 km
Deslocamento Final – 50 km
Total do dia: 386 km

Terça (21/08)
3ª Etapa
Posse (GO) – Luís Eduardo Magalhães (BA)
Deslocamento Inicial – 24 km
Trecho Especial (Cronometrado) – 255 km
Deslocamento Final – 71 km
Total do dia: 350 km

Quarta (22/08)
4ª Etapa
Luís Eduardo Magalhães (BA) – Barra (BA)
Deslocamento Inicial – 123km
Trecho Especial (Cronometrado) – 355 km
Deslocamento Final – 0
Total do dia: 478 km

Quinta (23/08)
5ª Etapa
Barra (BA) – São Raimundo Nonato (PI)
Deslocamento Inicial – 0km
Trecho Especial (Cronometrado) – 400 km
Deslocamento Final – 46km
Total do dia: 446 km

Sexta (24/08)
6ª Etapa
São Raimundo Nonato (PI) – Juazeiro do Norte (CE)
Deslocamento Inicial – 39 km
Trecho Especial (Cronometrado) – 226 km
Deslocamento Final – 338 km
Total do dia: 603 km

Sábado (25/08)
7ª Etapa
Juazeiro do Norte (CE) – Fortaleza (CE)
Deslocamento Inicial – 166 km
Trecho Especial (Cronometrado) – 200 km
Deslocamento Final – 288 km
Total do dia: 654 km

Total geral: 3607 km

Fonte: Com informações da Ascom

Comments