Destaque

Recém-nascida é encontrada com vida em saco de lixo no interior do Piauí

Recém-nascida é encontrada com vida em saco de lixo no interior do Piauí
Recém-nascida é encontrada com vida em saco de lixo no interior do Piauí

Um recém-nascido foi abandonado dentro do cesto de lixo da praça central do município de São Miguel do Tapuio, a 227 km de Teresina. O bebê, do sexo feminino, foi localizado por uma equipe que fazia a limpeza da cidade. O motorista do caminhão de lixo, José Martins Oliveira, conta que estranhou o volume do saco plástico e quando abriu se surpreendeu ao encontrar uma menina, que ainda estava com o cordão umbilical.

“A criança estava dentro de balde, em uma sacola enrolada em lençóis. Vi que havia algo diferente, rasgamos a sacola e encontramos uma criança viva”, relatou o motorista.

Imediatamente, o bebê foi encaminhado ao hospital da cidade. De acordo com o médico plantonista,  a criança aparenta ser de nove meses e pesa cerca de dois quilos. O bebê foi encontrado na manhã desta segunda-feira (13).

O delegado Anchieta Nery conta que equipes policiais estão em campo para identificar os responsáveis pelo abandono. Ele reforça que a preocupação inicial era garantir a saúde do bebê. “Estamos trabalhando para identificar e responsabilizar que abandonou o recém-nascido no lixo”, explica o delegado que acrescenta ainda que, inicialmente, a mãe pode ser responsabilizada por abandono de incapaz.

Abandono é crime

No Brasil, o abandono de crianças é crime e a mãe, se descoberta, será indiciada por abandono. Em casos de dificuldades na criação do filho, a mãe pode relatar a situação ao Conselho Tutelar de seu município que, dependendo do caso, pode colocar a criança para a adoção. Apenas o Conselho Tutelar tem o poder de avaliar a situação e determinar o que deve ser feito com a criança.

A justiça brasileira faz o possível para que o filho fique com sua mãe biológica e, por isso, exige que a mulher seja submetida a uma análise que vai determinar se ela está passando apenas por problemas transitórios, como uma depressão pós-parto ou problemas financeiros. Nestes casos, o bebê pode ficar em um abrigo ou com uma família acolhedora enquanto ela se recupera.

f13216bc-e693-49c8-82a1-9cd0e9575631.jpg

5717985e-8f8b-4e7c-ab1e-0f5db5508c9d_(1).jpg

49c3fada-f9b7-48b7-84ba-0bed88e4a449.jpg

300c8775-f6d7-4bba-9fc5-a9930bcdd4f3.jpg

f13216bc-e693-49c8-82a1-9cd0e9575631.jpg

5717985e-8f8b-4e7c-ab1e-0f5db5508c9d_(1).jpg

Image title

Image title

Cidade Verde

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar