Sãojuliãoense é aprovado para Curso de Farmacologia da USP

0
1097
Sãojuliãoense é aprovado para Curso de Farmacologia da USP

O sãojuliãoense José Virgulino de Oliveira Lima, aluno do curso de Farmácia da UNIFSA, foi selecionado para participar do XXIV Curso de Inverno de Farmacologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto – Universidade de São Paulo. O curso tem como objetivo mostrar técnicas e linhas de pesquisas desenvolvidas pelo departamento a alunos de graduação e/ou pós-graduação de Instituições de Ensino Superior na área Biomédica.

A seleção, que ocorreu em todo o Brasil, é válida para alunos da saúde ou de cursos afins, que tenham a disciplina de farmacologia na grade curricular, e requer uma carta de recomendação do professor orientador da instituição. O evento tem data prevista, de início, para 09 de julho de 2018.

O aluno foi selecionado com o trabalho “Estudo da possível atividade do óleo essencial da dysphania ambrosióides L na multividade e secreção do trato gastrointestinal nos músculos”, sob a orientação do professor Doutor Joubert Aires de Sousa.

Para José Virgulino de Oliveira Lima, essa é uma oportunidade singular da graduação. “O principal benefício é comprovar, cientificamente, o uso popular da minha planta e mostrar que é importante buscar experiências novas em outros lugares para aperfeiçoar sua pesquisa e seu conhecimento. Será uma experiência muito enriquecedora, por se tratar de uma universidade de grande porte, que é a Universidade de São Paulo, para agregar novos conhecimentos específicos na minha pesquisa, além de conhecer novas técnicas e aprimorar novos métodos e procedimentos. Lá eu terei essas oportunidades, tanto para a minha graduação e formação acadêmica, como profissional, futuramente”, disse.

Para o professor Dr. Joubert Aires de Sousa, a aprovação de José na seleção não é surpresa. “Ficamos muito contentes com a aprovação dele, é um mérito, também, da instituição ter o aluno representando-a a nível nacional. Só foram selecionados dois alunos do nordeste. Esse é um curso que destaca o profissional em nível de pesquisa e a nível nacional. A USP é uma instituição nota dez nessa área da pesquisa e no desenvolvimento de novos fármacos; e essa área da farmacologia vem crescendo e demonstrando um potencial muito grande nesta instituição”, disse.

O professor ainda completa. “A UNIFSA vem cada vez mais se preocupando com a área da pesquisa. A instituição só tem a ganhar com a capacitação desse aluno na área de farmacologia, podendo trazer para a gente novas metodologias e tecnologias, para compartilhar também com os alunos de farmácia, favorecendo o crescimento e engrandecendo cada vez mais a atividade intelectual da instituição”, finalizou.

Texto: Lucas Mota (Estagiário)/UNINSA

Comentários Facebook

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA