Destaque

Sítio com diversas pinturas rupestres é descoberto na zona rural de Alagoinha do Piauí

Diversas pinturas rupestres foram encontradas por arqueólogos do Instituto de Arqueologia do Cariri (IAC) na localidade Rancho Nenéia, zona rural de Alagoinha do Piauí. O grupo de arqueólogos cearenses esteve visitando a localidade na última semana para análises de registros de arte rupestres existentes naquele território.

Segundo informações, as pinturas rupestres já eram conhecidas pela maioria dos moradores daquela região, mas poucos tinham conhecimento da importância histórica das gravuras.

Foi constatado pelos arqueólogos do Instituto de Arqueologia do Cariri um sítio com diversas gravuras antigas na propriedade do ex-vereador de Alagoinha do Piauí, Adão Neném, na localidade Rancho Nenéia.

O que é Arte rupestre
É o termo que denomina as representações artísticas pré-históricas realizadas em paredes, tetos e outras superfícies de cavernas e abrigos rochosos, ou mesmo sobre superfícies rochosas ao ar livre. A arte rupestre divide-se em dois tipos: a pintura rupestre, composições realizadas com pigmentos, e a gravura rupestre, imagens gravadas em incisões na própria rocha. Em geral, trazem representações de animais, plantas e pessoas, e sinais gráficos abstratos, às vezes usados em combinação. Sua interpretação é difícil e está cercada de controvérsia, mas pensa-se correntemente que possam ilustrar cenas de caça, ritual, cotidiano, ter caráter mágico, e expressar, como uma espécie de linguagem visual, conceitos, símbolos, valores e crenças. (Texto extraído da Wikipédia)

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar