DestaqueGeral

Tudo o que é preciso saber para pintar dentro de casa

Tudo o que é preciso saber para pintar dentro de casa – (Foto: Thinkstock)

Não é segredo para ninguém que o meio ambiente foi ameaçado nas últimas décadas por certas atividades do homem que colocaram sua estabilidade em risco, isso nos fez determinar ações para cuidar dele da melhor maneira possível como um compromisso fundamental de uma grande parte da sociedade atual.

Felizmente, uma das atividades que ainda pode permanecer relativamente intacta por não gerar um impacto considerável contra o nosso meio ambiente, é pintar dentro de casa. Este é um trabalho que tem uma série de elementos muito importantes que você deve saber antes de começar a trabalhar. Esses são os destaques.

Conheça a superfície

Apesar de existir uma série de produtos altamente eficientes como a tinta Rust-Oleum, a verdade é que boa parte do resultado final dependerá estritamente da preparação da superfície sobre a qual se pretende pintar. O primeiro é extremamente importante passo é determinar a superfície a ser trabalhada e conhecer suas condições, depende muito do sucesso do nosso projeto e da eficiência no uso dos materiais.

Afinal, a única coisa que existe não é precisamente a parede, mas também a madeira e as inúmeras variantes de metal, tendo em conta os tetos, portas, janelas, móveis e eletrodomésticos. Como você pode imaginar, existem técnicas específicas para cada uma dessas superfícies e até diferentes tipos de ferramentas que devem ser usadas especificamente para cada uma delas.

Por outro lado, é importante determinar o ambiente interno em que você fará o trabalho de pintura, pois certos detalhes sobre ele terão efeitos diferentes no resultado final do trabalho. É claro que quando falamos de ambiente nos referimos às condições de umidade do espaço onde os objetos, superfícies ou móveis estarão, assim como a iluminação que o local terá, suas dimensões e até tudo relacionado à localização do local, janelas e suas próprias características.

Acabamento fosco, a opção mais escolhida

A tinta com acabamento fosco é a que a maioria das pessoas usa para pintar e decorar ambientes internos, levando em conta que esse tipo de tinta é ideal para tetos e paredes onde você deseja evitar qualquer tipo de distração visual. Afinal, ao contrário de muitas outras, esta tinta não tem brilho.

O esmalte com acabamento fosco é a tinta que quase sempre é usada na decoração de paredes e tetos, mas fique à vontade para misturar acabamentos para obter o efeito desejado. Não existe manual de gostos e preferências, crie o seu espaço sem limites!

Vantagens do acabamento fosco

As tintas de acabamento fosco são muito mais tolerantes a manchas, pois as tintas de alto brilho realçam um pouco mais as amolgadelas e as falhas da parede. A sua aparência final confere um efeito suave, aveludado e sem brilho. É a tinta mais usada em paredes para criar um efeito vintage com tinta giz, como a marca Chalked da Rust-Oleum.

Outro detalhe positivo desse tipo de tinta é que ela pode ser aplicada na superfície desejada com inúmeros instrumentos, incluindo pincel ou rolo.

Por fim, o acabamento fosco é extremamente fácil de aplicar nas superfícies que você deseja pintar, embora ocasionalmente seja necessário mais de uma demão para que a cor fique sólida o suficiente.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo