Alagoinha do Piauí

Turma de Letras-Português da UESPI realiza evento de reencontro, em grande estilo, na cidade de Alagoinha do Piauí; veja fotos

No último sábado, 14 de dezembro de 2019, a chácara  RECANTO DOS SONHOS, espaço de exuberante beleza, localizado em  ALAGOINHA DO PIAUÍ,  foi o palco escolhido para a realização de um memorável reencontro da turma “LINGUAGEM, FONTE DE INTERAÇÃO E LIBERTAÇÃO”, da UESPI, núcleo de Fronteiras-PI, após 17 anos de conclusão de curso.

Tudo começou a convergir para a realização do evento, quando a saõjuliãoense Ana Pereira, ex-aluna do curso, movida pela saudade que sentia e o grande desejo do reencontro, teve a iniciativa de criar o GRUPO DA TURMA no aplicativo WHATSAPP e adicionar os demais.

Ana Pereira (Criou o grupo da turma)

Algum tempo depois começaram a planejar os detalhes e em comum acordo decidiram que, sob a coordenação das alagoinhenses Laurinda de Jesus, Marlene Hosana, Antônia Gicélia (Celinha, que é alagoinhense de coração), Isabel Brito, Das Dores e Eva Graça Brito, Alagoinha do Piauí seria escolhida para cidade anfitriã desse primeiro grande reencontro da turma.

Laurinda de Jesus ( Principal  articuladora do evento)

Tudo foi organizado com carinho pela equipe, o espaço além de lindo,  aconchegante e receptivo, estava também muito energizado  pelo som de voz e violão de Douglas Sousa, grande artista alagoinhense, que por levar um repertório praticamente irretocável para compor a trilha sonora  daquela  ocasião, foi bastante prestigiado e aplaudido pelos participantes.

Para dar início ao momento festivo, Laurinda de Jesus, com muita   espontaneidade e alegria,  apresentou  uma linda mensagem para desejar  boas-vindas e expressar quão grande era a felicidade da equipe  alagoinhense por  recepcioná-los naquela oportunidade.

Em seguida Eva Graça Brito, com o objetivo de estimular ainda mais a  turma, recitou com muito entusiasmo, “CELEBRAÇÃO DO INSTANTE”, de Cairo Trindade, um belo poema, que remete à expressão latina “CARPE DIEM” e que em Língua Portuguesa significa, APROVEITE O DIA!

Em seguida, a palavra foi facultada à  fronteirense  Geórgia Castro, que com  grande  maestria teceu elogios à iniciativa do grupo e  também aproveitou para sugerir que doravante, continuem planejando muitos outros momentos como aquele.

Dando continuidade, Antônia Gicélia (Celinha), visivelmente emocionada demonstrou através de sábias e edificantes  palavras, o quanto estava feliz e grata a Deus, por Ele  ter  restabelecido sua saúde e  assim  ela poder está ali, ao lado dos amigos, vivenciando e compartilhando tantas alegrias!

Após essas emocionantes falas, a turma recebeu um lindo copo personalizado, gentilmente ofertado pela fronteirense, Daniela Gomes,que é  pessoa muito querida por todos!

A partir desse momento começaram  a degustar diversos sabores, de comidas e  bebidas. Especialmente provaram um saboroso vinho tinto e com uma indescritível alegria, de forma sincronizada fizeram um  brinde ao reencontro!

Na sequência, antes de ser servido o almoço, a fronteirense Rosângela Santiago, apresentou uma emocionante MENSAGEM ECUMÊNICA, ao tempo que sua bela  voz fez  ecoar naquele recinto, um canto de louvor à vida e de agradecimento ao ser superior e supremo, Deus.

Após satisfazerem  seus paladares, com o  saboroso almoço feito por  Edinalva e com a deliciosa  sobremesa  patrocinada pela amiga Das Dores e preparada pelas mãos de fada da querida Celinha, a turma realizou sorteio para o  AMIGO DOCE.

Nesse momento, além  da troca  de  chocolates, de abraços fraternos e  de elogios uns aos outros, a turma ouviu com muita atenção,  a fronteirense  Melânia Gomes, que mora em Teresina e  veio especialmente para o evento, relatar bastante emocionada, um incidente que aconteceu  no dia da formatura da turma e que quase a impossibilitou de participar, mas que felizmente no final deu tudo  certo e que tanto naquele dia inesquecível, como ali naquele momento, encontrava-se em  júbilo entre  os amigos.

E assim, para festejar essa benção, voltou com as amigas para usufruir mais um pouco das águas límpidas e relaxantes da incrível piscina, que tornam ainda  mais atrativo aquele espaço.

Com certeza, o reencontro da turma  despertou em cada participante   um turbilhão de sensações, ao vivenciarem momentos agradáveis e ao  rememorarem através do  flashback de sentimentos, as lembranças  da época em que dividiam a mesma sala de aula. Acerca disso, frisou muito bem, Marlene Hosana, em seu discurso  de  encerramento, quando ao som de  uma bela música reflexiva e de suas eloquentes palavras, agradeceu a todos  pela presença, participação ativa e, de modo muito especial à sua estimada amiga  Isabel Brito, inseparável  companheira do  período acadêmico e  de várias outras jornadas da vida!

Durante todos os momentos do evento, abraços calorosos e repletos  de emoção  foram  trocados entre a turma, as lágrimas de felicidade não  foram contidas e serviram para irrigar o solo fértil da amizade, fortalecendo ainda mais o  elo entre a turma .

Acredita-se que para os demais espectadores, daquele evento, como por exemplo, o amigo alagoinhense, Janiqueles Cândido, convidado especial, assim também, como  para os  leitores dessa matéria, etc,  certamente ficará  a mensagem de que reencontrar amigos significa localizar a nós mesmos, é uma forma eficaz para estarmos sempre  alinhados  com uma porção de nós que existiu antes  e  que necessita ser ativada de tempos em tempo,  por isso, requer coragem, pois implica dentre outas coisas, deixar o instinto de autopreservação em casa, quando possível evitar medir  as distâncias, o cansaço e  até mesmo não pesar opções mais confortáveis e menos onerosas. Torna-se importante também, não contabilizar afinidades, tempo transcorrido ou divergência de mundo, pois o mais importante é absorver a ideia expressa na icônica frase “TUDO VALE A PENA, SE A ALMA NÃO É PEQUENA” de Fernando Pessoa, um dos mais aclamados autores de Língua Portuguesa, inclusive a mesma que foi  estampada na camiseta da aula da saudade da turma, há 17 anos.

A turma era numerosa, 36 alunos. Infelizmente a concludente Cislene não mais existe. Durante o evento seu nome foi muito  lembrado e o grupo fez um minuto de silêncio em homenagem à sua  memória.

Nesse primeiro evento, compareceram: Ana Pereira, Daniela, Das Dores, Celinha, Conceição Rocha, Eva Graça, Geórgia, Isabel, Joaquina Hosana, Laurinda de Jesus, Leilian, Luzinete,  Marlene, Melânia e Rosângela.

Somente à tardinha encerraram o evento e já cogitam a realização de outro em 2020. Assim, fica o incentivo e a torcida para que  todos possam comparecer  e  mais uma vez vivenciarem momentos de êxtase, relembrando muitas histórias e diluindo as saudades de outrora.

Veja a seguir  mais fotos do evento:

Por Janiqueles Cândido

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar