DestaqueMunicípios

“Virose da mosca” deixa pessoas doentes na região de Picos

Febre, dor no corpo, desconforto abdominal, vômitos e diarreias. O que pode parecer uma simples infecção intestinal, causada pelo consumo de alimentos estragados, na verdade tem sido identificado como a “virose da mosca”.

Virose da mosca deixa pessoas doentes na região de Picos

Na região, diversos pacientes estão procurando as unidades de saúde em seus respectivos municípios em busca de atendimento médico com os mesmos sintomas.

Por causa das chuvas neste período, as moscas, assim como todos os outros insetos, acabam proliferando muito mais e é preciso ficar ainda mais atento a cuidados como o acúmulo de lixo.

Segundo especialistas, a infecção afeta o trato gastrointestinal e é causada pela ingestão de alimentos contaminados por fungos ou bactérias. As moscas são apontadas como suspeitas, já que ressurgem neste período chuvoso trazendo doenças sazonais. Por isso, passou a ser denominada “virose da mosca”.

Sintomas

De acordo com especialistas, a infecção pode ser viral ou bacteriana. Alguns sinais diferenciam as duas formas. Se for viral, os sintomas são mais brandos e costumam desaparecer em até 5 dias. Se for bacteriana, os pacientes ficam mais debilitados e com quadros mais intensos de febre alta e diarreia.

É preciso ter cuidado especial com as crianças, que ainda estão em processo de fortalecimento da imunidade e, por isso, sofrem mais. O risco de uma desidratação em crianças afetada pela virose não é descartado pelos médicos. Os pais precisam ficar em alerta com os primeiros sintomas e dar sempre bastante líquido às crianças.

Cuidados para evitar a mosca doméstica

– Não deixar acumular o lixo mais de 4 dias dentro de casa;

– Lavar o fundo do recipiente onde é colocado o lixo com água sanitária 1 vez por semana;

– Utilizar um prato ou outro utensílio para tapar a comida, evitando deixá-la exposta;

– Evitar comer comida que esteve em contato direto com moscas;

– Colocar redes contra moscas e mosquitos nas janelas;

– Usar uma rede mosquiteira para dormir, especialmente no caso dos bebês.

– No entanto, caso as moscas consigam se desenvolver dentro de casa mesmo seguindo estas dicas, existem formas de as eliminar, como usar inseticidas, armadilhas ou vaporizadores, por exemplo.

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar