Destaque

Justiça obriga sertanejo Leo Magalhães a pagar Ferrari de R$ 500 mil

O cantor sertanejo Léo Magalhães está enfrentando uma decisão judicial que o obriga a pagar por uma Ferrari que adquiriu em Goiânia. O veículo, que custou aproximadamente R$ 511 mil, não teve seu valor quitado mesmo após cobranças da loja. Com informações do Metrópoles.

Foto: Reprodução 

A sentença datada de 20 de novembro determina que plataformas de música informem os valores de direitos autorais disponíveis para Léo Magalhães, visando debitar a dívida. O processo, que está em andamento desde 2018, permite recurso à decisão.

A Justiça concedeu um prazo de 15 dias para as plataformas musicais fornecerem as informações sobre os direitos autorais do cantor. Após esse período, Léo Magalhães terá mais 15 dias para se manifestar sobre a decisão.

A disputa judicial está relacionada à venda de uma Ferrari 360 Modena F1, ano/modelo 2001/2002, na cor amarela, realizada em outubro de 2014. Segundo o empresário Edmundo Pedroso, proprietário da loja “All Motors”, o pagamento do veículo foi feito com cheques de valores diversos e datas distintas, indicando um planejamento de pagamento parcelado.

Apesar da formalização da transação, apenas um dos sete cheques entregues como garantia foi compensado, deixando uma quantia significativa em aberto. O empresário afirma que houve várias tentativas de recebimento, mas não foi encontrado nenhum bem em nome do cantor para cobrir a dívida.

Até o momento, os advogados de Léo Magalhães não foram localizados para comentar sobre o caso. O espaço permanece aberto para manifestação.

Fonte: Metrópoles

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Portal É Notícias