Destaque

Mulher cai em “conto do vigário” e tem R$ 1.700 reais e vários objetos furtados no Centro de Picos

Vítima foi abordada após deixar a agência do Bradesco – Foto/ Reprodução Igor Deam 

A ambição fez mais uma vítima cair no golpe do “conto do vigário” em Picos. Uma mulher teve a bolsa contendo dinheiro, aparelho de telefone celular, documentos e cartões bancários, furtada depois de cair na conversa de um casal de estelionatários no Centro da cidade.

De acordo com informações do Tenente, George Sanches, do 4º BPM (Batalhão da Polícia Militar), a mulher, identificada como Francisca Maria, acionou o COPOM (Centro de Operações da Polícia Militar), depois de perceber que foi vítima de uma “saidinha de banco”, na manhã do último sábado (29).

“Segundo a vítima, ao sair do Banco do Bradesco avistou um homem que deixou cair um cheque no chão e a mesma ao entregar o cheque disse que o homem agradeceu e entregou um cartão para que ela fosse retirar um brinde em uma loja e pediu para que ela entregasse a bolsa para ele segurar. O acusado informou que a senhora Francisca não poderia entrar na loja com a bolsa e que esperaria a mesma retirar o brinde na loja. A vítima entregou a bolsa com seus pertences, cartão de crédito, documentos, celular e a quantia de 1.700,00 reais em dinheiro e quando voltou para buscar a bolsa populares informaram que os acusados já haviam saído em um carro”, relatou o Tenente George Sanches.

A vítima contou ainda aos policiais que atenderam a ocorrência que o homem aparentava ter 35 anos de idade, era forte, com aproximadamente 1,60 metros de altura, usava camisa de cor preta, calça jeans de cor escura e usava boné preto. Já a mulher que o acompanhava era de cor morena, aparentava ter uns 35 anos, tinha cabelo longo com luzes, era forte, também media 1,60 metros de altura, usava calça jeans clara e vestia uma blusa de cor preta com letras brancas na frente.

Apesar das características dos estelionatários terem sido repassadas para as viaturas de plantão, a polícia não conseguiu localizar o casal de criminosos.

Fonte: Portal O Povo

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Fechar
Fechar