Destaque

Notícia BOMBÁSTICA! Governo divulga novo preço do gás de cozinha e CHOCA população

Petrobras anuncia redução do preço do gás de cozinha para os brasileiros, saiba o que mudou

Redução do preço do gás de cozinha é algo muito esperado pelos brasileiros, uma vez que está cada vez mais difícil arcar com item no orçamento familiar. É por isso que os programas sociais têm adicionado pessoas para receber o auxílio gás para que as familias tenham um alívio no bolso.

Por isso, quando há alguma notícia de uma possível redução no preço do item, os brasileiros já se enchem de esperança. Porém, os últimos reajustes foram apenas para distribuidoras, e o consumidor final entrará nessa disputa? Isso é o que vamos saber nos próximos tópicos.

Notícia BOMBÁSTICA! Governo divulga novo preço do gás de cozinha e CHOCA população
Saiba para quem está destinado o novo preço do gás de cozinha. Crédito: @jeanedeoliveirafotografia

Novo preço do gás de cozinha será reajustado para consumidor ou para distribuidoras?

A Petrobras anunciou nesta sexta-feira (30) o novo preço do gás de cozinha (GLP), e a medida vai entrar em vigor neste sábado dia 1 de julho, o reajuste diz respeito apenas às vendas para as distribuidoras.

O botijão de 13kg de GLP vai ter reajuste novamente e passa a custar R$ 31,66, ou seja, será uma redução de R$ 2,5356 para R$ 2,4356 por kg.

O botijão de 13kg vai custar R$ 31,66, ou seja, teve uma redução de R$ 2,5356 para R$ 2,4356 por kg ou de 3,9%, uma vez que a última redução do item aconteceu no dia 16 de maio de 2023.

Isso aconteceu porque a Petrobras abandonou a política de Preço de Paridade de Importação (PPI) e reduziu o valor em mais de 12%, veja a nota que a empresa declarou: “A partir de amanhã (01/07), a Petrobras reduzirá em R$ 0,10 por kg (-3,9%) o seu preço médio de venda para as distribuidoras, que passará de R$ 2,5356 para R$ 2,4356 por kg, equivalente a R$ 31,66 por botijão de 13kg.”

Vale destacar que efetivamente o valor cobrado ao consumidor final no ponto de venda será completamente afetado, por outros fatores como: impostos e margens de lucro da distribuição e da revenda.

A redução do preço da Petrobras visa a manutenção da competitividade dos preços da companhia frente às alternativas de suprimento dos seus clientes.

Como também, a participação do mercado necessária para a otimizar os ativos de refino em equilíbrio com o mercado nacional e internacional.

A companhia destaca que na formação dos preços busca-se evitar o repasse da volatilidade conjuntural do mercado internacional e da taxa de câmbio.

Uma vez que preserva-se um ambiente competitivo mais saudável nos termos da legislação vigente, além disso, é importante ter transparência. Sendo assim, a companhia sempre exibe os preços para uma melhor compreensão da sociedade.

A saber, a Petrobras publica em seu site todas as informações referentes à composição dos preços médios dos combustíveis e do GLP (gás de cozinha) aos consumidores.

Auxílio gás

Para os consumidores que aguardam o novo preço do gás de cozinha reduzir para além das distribuidoras, estes, talvez devem mudar de planos. Ou seja, se você possui baixa renda e não pode arcar com o valor do botijão, é possivel agregar esse valor por meio dos programas de transferência de renda.

Isso mesmo, se você está inscrito no CadÚnico e participa de algum programa do governo e o orçamento mensal não está dando para garantir o gás. É importante se cadastrar no programa auxílio gás para receber os valores do item.

Para se inscrever, basta ir ao CRAS mais próximo levar toda a documentação da família, informar sua renda per capita e passar por uma avaliação do governo. Se o seu cadastro for aprovado você passa a receber o valor do auxílio gás a cada dois meses retirando essa responsabilidade do orçamento mensal familiar.

Fonte: Pronatec

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Portal É Notícias