DestaqueEntretenimento

Quem é o número 1 da música atualmente: Gusttavo Lima ou Wesley Safadão?

Gusttavo Lima e Wesley Safadão (Foto: Reprodução)

Na semana passada eles trocaram farpas pela internet, eles são os donos dos maiores cachês da atualidade e agora estão em gravadoras rivais. Wesley Safadão está na Som Livre e Gusttavo Lima acaba de assinar com a Sony Music. O Blog do Leo Dias ouviu em off (porque nesta briga ninguém quer tomar partido publicamente) os prós e os contras de cada um e você, caro leitor, tome suas conclusões.

Em termos de cachê, eles são bem parecidos. Hoje varia entre 450 e 500 mil reais e para 2020 eles já estão negociando a 600 mil. Ninguém no Brasil cobra tão caro quanto eles dois. Mas ambos são certeza de casa cheia.

E a agenda deles também está cheia. Wesley tem uma média de 22 shows por mês. Gusttavo, em junho e julho, meses fortes para quem é do forró, por conta do São João, alcançou 25 shows por mês. Nas outras épocas ele também mantém a mesma média de 22 shows que Safadão.

E qualidade do show? No maior festival de música sertaneja do Brasil, o Villa Mix Goiânia, eles se apresentaram no mesmo dia. Wesley, nos anos anteriores, era considerado sempre o show mais animado. Mas este ano, Gusttavo, que voltou a tocar no festival, foi eleito como a melhor apresentação.

Atualmente Gusttavo está com mais músicas estouradas nas rádios do Brasil. Isso tem muito valor, apesar do crescimento das plataformas digitais. Em termos de números, temos “Milu”, de Gusttavo Lima com mais de 30 milhões de visualizações no Youtube. A música tem também mais de 7 milhões de streams no Spotify. E este não é o único sucesso que conta seus milhões nas plataformas. “Online”, “Cem Mil”, “Eu Não Iria” e “Na Hora de Amar” também estão entre as músicas mais tocadas no Brasil.

Gustavo Lima (Foto: Reprodução/Instagram)

Já Wesley é o cantor (homem) mais seguido do Brasil no Instagram, com 25 milhões de seguidores. Em termos de música ele também é o cantor com mais inscritos no YouTube no Brasil. 9,5 milhões de inscritos. Tem mais de 4,5 bilhões de visualizações em seu canal no YouTube. De hits, ele tem no momento “Igual Ela Só Uma” e “Só Pra Castigar”, que já ocuparam os primeiros lugares nas rádios do Brasil.

Por incrível que pareça, a vida pessoal tem muita influência na carreira. Gusttavo nunca se envolveu em nenhum escândalo de grandes proporções. Já Wesley tem aquilo que todo homem mais teme: uma ex-mulher traída e raivosa. Mas tanto Gustavo quanto Wesley tentam passar a imagem de bons pais e homens de família através de suas redes sociais.

Mas em temos de propaganda, Wesley está em larga vantagem. O cearaense é contratado por marcas fortes, como a Ambev, que já está com ele há três anos. A explicação do mercado em relação ao sucesso de Wesley na propaganda é que ele é carismático e criou uma identidade musical muito forte, como se ele tivesse criado um próprio ritmo musical. Ninguém faz nada parecido com que Wesley faz em seus shows.

Gustavo Lima (Foto: Reprodução/Instagram)

Mas Gusttavo Lima está na melhor fase de toda sua carreira.

Gusttavo gera uma enorme identificação com o jovem do interior do Brasil. Ele fala a língua do homem do campo que deu a volta por cima. Após brigar com seu escritório antigo e ter que se desfazer de muitos bens para pagar a multa contratual, quase abandonou a música e deu a volta por cima. O antigo escritório, depois do rompimento, tentou criar novos “Gustavos Lima” mas nenhuma tentativa deu certo.

Por fim, tanto Gusttavo quanto Wesley lançaram seus próprios “festivais”. De tão poderosos, eles são capazes de contratar outros artistas grandes para abrirem seus show em projetos muito bem sucedidos. Wesley com “Garota Vip” e o “Boteco do Gusttavo Lima” arrastam multidões por onde passam.

Resumo: a música brasileira atual está dividida e o jogo é duríssimo.

Fonte: Blog do Léo Dias/UOL
*Com colaboração de Lucas Pasin

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Fechar
Fechar