DestaqueMunicípios

Suspeito de explodir carro forte no Piauí deixa Delegacia para fazer concurso da PM

Luis Carlos Rodrigues de Oliveira
Luis Carlos Rodrigues de Oliveira, preso em dezembro do ano passado suspeito de integrar a quadrilha que explodiu um carro forte em Campo Maior, foi liberado nessa quinta (26) para realizar teste de aptidão física do concurso da Polícia Militar do Maranhão, que acontece na noite desta sexta (27).

A defesa de Luis Carlos alegou que ele possui família e necessita de emprego. O desembargador Pedro de Alcântara Macedo concedeu uma liminar para que o preso deixasse a sede da Polícia Interestadual (Polinter), onde se encontrava preso.

À imprensa, o delegado Cadena Junior revelou que Luis Carlos deixou o Distrito Policial usando tornozeleira eletrônica e deve retornar logo após o prestar a etapa do concurso.

Acusações
Luis Carlos Rodrigues foi preso numa operação da polícia contra uma quadrilha especializada na explosão de caixas eletrônicos. Em dezembro passado, a polícia cercou um sítio na cidade de José de Freitas, local usado pela quadrilha.

Na ação, dois suspeitos foram mortos na troca de tiro com os policiais, e outro dois suspeitos presos: Alexandre Martins Braz e Luis Carlos Rodrigues de Oliveira.

Eles são suspeitos de explodirem caixas eletrônicos no Piauí e no Maranhão. A última ação da quadrilha antes da prisão teria sido a explosão de um carro forte, na BR 343, em Campo Maior, em novembro do ano passado.

Campo Maior em Foco

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar