Alegrete do PiauíDestaqueMunicípiosNotícias

Direção do Hospital Regional de Picos envia nota de esclarecimento após morte de professora de Alegrete do Piauí

Maria Dalva Dias – Foto: Arquivo/ Família

Após a morte da professora natural de Alegrete do Piauí, Maria Dalva Dias, de 46 anos, que faleceu na noite de sábado (29) minutos depois de receber atendimento médico no Hospital Regional Justino Luz (HRJL), a direção clínica do Hospital enviou uma nota de esclarecimento.

A nota representada pelo diretor clínico do HRJL, Jayronn Santos, enfatiza que o caso será apurado através de uma sindicância, e que, somente mediante o resultado a direção irá se pronunciar. O conteúdo na nota ainda expressa que a população não realize pré-julgamentos ou porventura condene o médico que realizou o atendimento.

Confira a nota!

Eu, Dr Jayronn Santos, diretor clínico do Hospital Regional Justino Luz, me solidarizo com a família da paciente Maria Dalva Dias e informo que estamos recrutando fatos e dados para abrir uma sindicância junto a Direção do hospital a respeito do ocorrido no último sábado dia 29 de abril de 2017 . Informo ainda que só iremos nos pronunciar após o resultado e o parecer da sindicância, mas desde já, ressalto que tenho total confiança no corpo clinico do qual também faço parte naquela instituição. Gostaria de pedir a população que evitem os pré-julgamentos em relação ao colega médico que fez o atendimento da paciente, pois a sociedade como um todo, aceita sem análise prévia as mais variadas notícias e os comentários, fazendo do médico, objeto de escândalo. No campo médico, onde os mais variados fatores influem direta ou indiretamente, é lógico esperar pela ocorrência de erros, não só da parte do médico, mas também de todo sistema de saúde. Não desejamos aqui defender o médico que erra por imprudência, negligência ou omissão de socorro; ao contrário, tentamos esclarecer os fatos e analisar as implicações legais decorrentes deles, já que em nossos dias torna-se gritante a ação do marketing contra a imagem do médico.

Repercussão da morte da professora

A morte da professora Maria Dalva Dias comoveu a população alegretense. A mesma lecionava na Rede Municipal de Ensino.

Segundo familiares da professora, a mesma teria sentindo-se mal no início da noite de sábado. Foi levada ao Hospital Regional em Picos, onde foi atendida e o médico plantonista fez apenas uma medicação simples e mandou que paciente voltasse para  casa. Durante o trajeto de Picos a Alegrete, Dalva passou mal não resistiu e acabou vindo a óbito.

Folha Atual

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar