DestaqueMunicípiosNotíciasPolícia

Jovem denuncia que é estuprada pelo pai há pelo menos 6 anos no interior do Piauí

Uma jovem de 19 anos denunciou que é abusada sexualmente há pelo menos seis anos, pelo seu próprio pai. O caso veio à tona após a vítima negar o abuso na madrugada dessa sexta-feira (14), e o pai ficar descontrolado e atear fogo na casa da família, no bairro São José, em Parnaíba.

“Tudo começou porque ele tentou ter relação com a menina e ela não aceitou, a própria filha. Ela disse que desde os 13 anos que ele abusa dela, só que ontem ela negou e ele ficou com raiva. Ele surtou, ficou louco, jogou geladeira no chão e foi botar fogo nos quartos. Queimou todos os documentos da família”, repassou a sargento Elineuda Martins, policial militar que atendeu a ocorrência.

Identificado como Jessé Barbosa, de 39 anos, o suspeito ainda teria agredido a esposa. A sargento acrescentou que durante o atendimento a vítima ainda teria evitado contar a motivação do pai estar alterado, mas após apoio do irmão ela acabou revelando os abusos do pai, acrescentando que ele era armeiro.

A vítima afirmou que o pai realizava manutenção e limpeza ilegal de armamentos para pessoas da região, e que até vendia armas de fogo.  Na casa, foi encontrada uma espingarda, um revólver calibre 22 com 32 munições, cartuchos, pólvora e outros materiais considerados ilegais.

Vítima contou que o pai era armeiro e repassava armas na região
Vítima contou que o pai era armeiro e repassava armas na região – Foto: Reprodução

Para realizar a prisão de Jessé, a equipe da Polícia Militar precisou utilizar um taser, arma de choque capaz de imobilizar uma pessoa. A sargento Elineuda contou que o suspeito tentou correr para dentro de casa, numa tentativa de pegar uma arma.

Ele foi encaminhado para a Central de Flagrantes da cidade, sendo autuado por posse ilegal de armas, tentativa de estupro e violência doméstica, segundo a PM.

Viagora

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar