DestaqueGeral

Notícias do Trecho: Techint se prepara para contratar 2,5 mil trabalhadores em grande obra de montagem

Techint se prepara para contratar 2,5 mil trabalhadores em grande obra de montagem – Foto: Reprodução

Na tarde desta segunda-feira, 7, a empresa multinacional Techint Brasil, surpreendeu ao anunciar o fechamento de um contrato para o ano de 2019, com a possibilidade de abertura de 2,5 mil vagas para trabalhadores das mais variadas funções.

A informação, veiculada pela própria empresa, destaca a demanda de um grande projeto de montagem eletromecânica e comissionamento da segunda fase do Complexo Mineroindustrial Serra do Salitre (CMISS), em Minas Gerais.

O empreendimento está localizado na rodovia MG-290, entre os municípios de Patrocínio e Serra do Salitre, MG. De acordo com a assessoria de comunicação da Techint, no pico da obra, o projeto deverá contratar cerca de 2.500 profissionais.

Empreendimento está localizado entre os municípios de Patrocínio e Serra do Salitre, MG – Foto: Reprodução

As contratações 

As contratações ocorreram conforme a demanda por fase de planejamento e aplicação das obras. A reportagem do site O Petróleo obteve a informação de que os trabalhadores como soldador, encanador caldeireiro, montadores, mecânicos, eletricistas, técnicos, ajudantes, inspetores , encarregados, supervisores e planejadores, almoxarife, auxiliares, além do pessoal do setor administrativo, serão convocados em caráter prioritário.

Porém, nas segunda etapa, haverá outras dezenas de contratações para funções variadas, técnicas e especializadas, de acordo com o processo e o desenvolvimento das obra de montagem.

Candidatura

Quando indagada sobre a melhor maneira de se candidatar para uma das centenas de vagas de emprego que serão abertas, a Techint afirmou que os interessados devem encaminhar o currículo atualizado, informando o nome da função, para o e-mail [email protected]

A empresa deixou claro que estará avaliando os currículos, mas não pontuou quanto ao início das contratações, ou seja, das primeiras entrevistas e seleções. No entanto, nos bastidores há informações de que a seleção acontecerá ainda no mês de janeiro.

Fonte: O Petróleo

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. hoje com a crise e muita gente sobrando principalmente no sudeste se vc não tiver um peixe dentro da obra,vc não ficha , na refinaria em ipojuca foi assim todas empresas que atuaram entre 2012 e2014 ,vc e indicado pelo supervisor para o gerente,principalmente se vc e encarregado no sudeste so contrata quem reside no NORTE E NORDESTE SE TIVER PEIXADA ,CONHEÇO MUITO TRECHEIRO DE MINAS QUE ESTA DESEMPREGADOODAS PARADAS, DESDE 2015 QUANDO COMEÇOU A LAVA JATO ,AS OBRAS FINANCIADAS VIA BNDS E GOVERNO,FORAM TODAS PARADAS ,e obras no projeto foram extintas como a refinaria premiun ,em bacabeira Maranhão ,ai que esta pelo censo 2018 ao todo ,de engenheiro de montagem a mecanico montador,ha um milhão de desempregados, muitos amigos meus que moram na zona leste de São Paulo, aceitaram ir trabalhar no exterior com uma empresa brasileira que atua tambem em montagem industrial ,porque no brasil vai demorar para ter tanta obra industrial como em 2013 ,essa obra e paraempregar os mineiros que estão desempregados em minas,essa faz 15 anosque esta para construir e agora finalmente saiu so essa não alivia para os trecheiros o norte e nordeste esta precisando de grandes obras industriais para se desenvolver e gerar milhares de emprego ,para o trabalhador brasileiro ,do jeito que esta vamos continuar com as latas vazias e as familias ,passando necessidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar