MunicípiosPolícia

No Piauí, Operação resgata 23 galos usados em rinha e solta pássaros

Operação resgata 23 galos usados em rinha e solta pássaros

O Batalhão de Polícia Ambiental resgatou 23 galos que eram usados para brigas em uma rinha localizada no bairro Promorar, zona Sul de Teresina.  A ocorrência ocorreu na manhã desta quarta-feira (08).  Depois disso, os policiais apreenderam os pássaros na Lanchonete do Seu Abraão, no Centro/Norte de Teresina, e fizeram a soltura – a pedido do comerciante –  em um sítio particular na zona Sudeste.

“Os galos sofriam maus-tratos. A rinha funcionava aos finais de semana. As pessoas iam, apostavam e se divertiam com essa crueldade. Os galos estão no Batalhão Ambiental; eles receberam um lauto veterinários por causa dos maus-tratos e depois devem ser encaminhados para o Zoobotânico”, explicou o comandante do Batalhão, tenente-coronel Carlos Teixeira.

O tenente-coronel ressaltou que somente o proprietário dos galos responderá em juízo especial por crime ambiental, pois o seu Abrão entregou espontaneamente os pássaros, maioria recebidos como presente, segundo o policial. “Sobre a guarda o Seu Abrão ficou um papagaio de 47 anos porque já estava em estado de mansidão. Não convém fazer a apreensão desse tipo de ave já que ela está adaptada e acostumada”, disse.

Na propriedade em que os galos foram localizados, a polícia também apreendeu cinco aves silvestres (três bigodes, um papagaio verdadeiro e uma marreca). A PM lavrou um multa.
Termo Circunstanciado de Ocorrência.

Teixeira alerta que é crime maus-tratos a animais e cativeiro ilegal de aves silvestres.

A operação ocorreu em parceria do Batalhão de Policiamento Ambiental, Comissão de Proteção de Defesa Animal da OAB-PI e IBAMA.

Créditos: CPDA/PI/OAB

Fonte: Cidade Verde

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Fechar
Fechar